Dia do Trabalho

Marc Ferrez. Primeira foto do trabalho no interior de uma mina de ouro, 1888. MG

Marc Ferrez. Primeira foto do trabalho no interior de uma mina de ouro, 1888. MG / Acervo IMS

O Dia do Trabalho é festejado no Brasil desde 1895, quando foi realizada a primeira comemoração da data que se tem registro no país, por iniciativa do Centro Socialista de Santos, em São Paulo. Mas sua celebração só foi oficializada pelo governo brasileiro em 26 de setembro de 1924 a partir do Decreto número 4.859 sancionado pelo então presidente Arthur Bernardes (1875-1955).  Em seu artigo único declarava “feriado nacional o dia 1 de maio, consagrado à confraternidade universal das classes operárias e à comemoração dos mártires do trabalho; revogadas as disposições em contrário”.  A data tem sua origem numa homenagem aos trabalhadores de Chicago que, em 1º de maio de 1886, iniciaram uma série de manifestações por melhores condições de trabalho e especialmente por uma jornada de trabalho de 8 horas. Em 1889, durante uma reunião da Segunda Internacional Socialista, em Paris, a data foi estabelecida.

Para lembrar o Dia do Trabalho a Brasiliana Fotográfica criou uma galeria com diversos registros de trabalhadores no Brasil do século XIX e do início do século XX. São fotos de Augusto Riedel (1836 – ?)Georges Leuzinger (1813 – 1892), Guilherme Gaensly (1843 – 1928), Henrique Rosen (?-1892), Marc Ferrez (1843 – 1923)Militão Augusto de Azevedo (1837 – 1905) e Vicenzo Pastore (1865 – 1918), além de trabalhos de fotógrafos anônimos. A galeria contempla trabalhadores rurais e urbanos, trazendo, por um lado, um pouco da história cotidiana brasileira e, por outro, registros do mundo do trabalho na segunda metade do século XIX e primeiras décadas do século XX que ajudam a contextualizar as transformações objetivas e subjetivas que modificaram significativamente as relações sociais, econômicas e políticas no país no período.

Links para as notícias da comemoração do primeiro feriado de 1º de maio no Brasil:

O Paiz – Edição de 02/05/1925

Jornal do Brasil – Edição de 02/05/1925

Galeria do Dia do Trabalho

4 pensamentos sobre “Dia do Trabalho

  • 1 de maio de 2015 em 04:37
    Permalink

    Como eram guerreiros os brasileiros de antigamente. Andavam descalços, trabalham exaustivamente e outras centenas de dificuldades. Aprendiam a dar o sangue trabalhando desde cedo, independentemente de sua raça.

    Responder
    • 2 de maio de 2015 em 01:46
      Permalink

      Como somos guerreiros(as)!!!! Muitos de nós, ainda: anda descalço e continua a enfrentar diversas dificuldades que vão da exaustão fisica à mental – ou vice versa. E acima de tudo somos uma Nação “teimosa” na busca da realização ideária de vencermos na vida e não de sermos vencidos pela vida…
      Kriss

      Responder
  • 9 de maio de 2015 em 17:20
    Permalink

    Uma nação teimosa de fato, teimosa em persistir na ignorância, na corrupção, na exploração dos seus recursos humanos. Uma nação teimosa que não percebe que uma pátria não se constitui de escravos, sejam eles índios, negros, italianos ou bolivianos. Um Brasil que não compreende que antes de reformas trubutárias ou políticas, precisa de reforma de convicções, de sentimentos, de atitudes…não me orgulho, pelo contrário me envergonho de fazer parte de uma nação de minorias, onde seres humanos são tratados e tratam uns aos outros ignorando em absoluto a maior de todas as suas qualidades inatas, a dignidade…

    Responder
  • 21 de maio de 2015 em 01:08
    Permalink

    O homenageado no dia 1 de maio é o trabalhador e não o trabalho.

    Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>